domingo, 20 de fevereiro de 2011

"Just Friends" Charlie Parker

2 comentários:

  1. Meu amigo Flávio, contemporâneo da Escola Técnica Federal de Química, cujo pai trabalhava nos EUA, foi contemplado junto com a família para passar uns dias com o pai. Perguntou-me se eu desejava alguma coisa dos EUA, então lhe disse que poderia trazer uns discos de Jazz, isto aconteceu em 1962, não acreditei que pudesse trazer os discos, mas qual não foi a minha surpresa quando chegou e me convidou para ir a sua casa. Chegando lá ele aparecu com uns discos de vinil que jamais poderia imaginar que ele tivesse tão bom gosto, segundo ele foi na sorte porque não entendia nada de jazz. Entre os discos estava o Sketch of Spain do Miles Daves e Gill Evans, pela primeira vez vi o jazz associado ao clássico. em outra oportunidade farei um comentário sobre o disco; outro disco era o Sonny Side Up do Dizzy Gillespie e dos Sonnys que já comentei neste Blog e o terceiro era um dos discos mais perfeitos do John Coltrane o Giants Steps, cuja performance Coltrane falou com Deus.O quarto disco foi o do Charlie Parker com cordas, neste disco Parker motrou toda a sua genialidade, pois saiu da sua formação de combo com sopro e base e inseriu cordas aos seu solos. Pela primeira vez ouvi o standard "Just Friend" que tornou-se um tema obrigatório em todas Jam Session.

    ResponderExcluir
  2. Lindo... um momento de muita leveza. Lá pelas tantas me levantei do sofá e fui a cozinha buscar um café e fiz o percurso bailando...

    Nisso um olhar me surpreende, na porta da cozinha, minha cachorra, uma vira lata, me olhando assim meio de lado... interrogativa...

    Paro, corrijo minha postura, me sentindo bastante infantil e tento, com o olhar, traduzir: "que que foi???".

    Bem, volto ao café, re-lendo esse momento.

    Um abraço, Alex.

    ResponderExcluir